Strict Standards: Non-static method JSite::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/escolhah/public_html/hamude.com.br/plugins/system/helix/core/class.helper.php on line 248

Strict Standards: Non-static method JApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/escolhah/public_html/hamude.com.br/includes/application.php on line 523

Compaixão, virtude de reis.

A aflição de um pai...

Entre conversas fiquei sabendo que um amigo vem passando por uma situação muito difícil para um pai. Ver a vida de seu filho em risco.

O Sr. José Elias, por muitos conhecido como Sargento Moura Gomes, descobriu que seu filho de 6 meses sofre de insuficiência renal e sendo tão novo e frágil isso expõe a criança a riscos ainda mais graves, podendo resultar em sua morte.

A tão festejada gravidez, recebida com tanta celebração, ainda não foi seguida dos sonos tranquilos do bebê sob os cuidados dos pais. A rotina de preocupação, exames, consultas e pesquisas é intensa.

 

A busca pela solução só aponta para uma cirurgia, que pela complexidade exige uma equipe distante e custos elevados. Falamos aqui de R$ 13.100,00. Quantia extremamente elevada e que não pode ser postergada nem parcelada. E hoje conheci o preço de uma vida.

Até então eu acreditava que jamais saberia que valor pode causar a morte de um bebê. Mas são exatos 13 mil e 100 reais.
Aos meus olhos um bebê vale muito mais que isso, mais que milhões, mas a injustiça do destino colocou o bebê, Elias Jr, de um lado da balança e o valor do outro. Senti-me extremamente mal quando observei o risco de morte da criança por conta desse valor. Mas não há de onde tirar tal dinheiro.


Compaixão e valores humanos

Diante desse momento de aflição os pais estão se desdobrando em esforços para reunir o valor necessário para a cirurgia que pode salvar Elias Jr. 
Com doações dos vizinhos montaram um brechó na própria casa em Bom Jesus do Itabapoana e pretendem reunir o valor com a venda dos itens doados. Mas há urgência, precisa ser rápido, a criança está em risco. Qualquer dia pode ser o último.

Então estamos aqui. colaborando e pedindo colaborações. Qualquer valor pode ajudar a distanciar aquele bebê da morte. 

As doações podem ser depositadas na conta do próprio pai da criança:
Banco Bradesco, agência 6777-6 , conta corrente 0552118-8  em nome de 
Jose Elias M. Gomes (cpf. 069 828 687 10).


Aqueles que puderem ir ao brechó, na Av. Tenente José Teixeira, 997, no Centro de Bom Jesus do Itabapoana, também estarão colaborando.


Eu já colaborei e estou na torcida pela vida longa e saudável do bebê Elias Jr.

PM DE ALAGOAS SEGUE O EXEMPLO DO RJ

 

AL: PMs suspendem patrulhamento com viaturas em São Miguel e mais seis cidades da região

PMs suspendem patrulhamento com viaturas em São Miguel e mais seis cidades da região.

O comandante da 1° Companhia (Cia) Independente da Polícia Militar, com sede em São Miguel dos Campos, emitiu uma nota na tarde desta quinta-feira (19) informando que os militares não irão realizar o patrulhamento ostensivo com as viaturas, tendo em vista que a unidade não dispõe de policiais habilitados com Curso específico para condução de viaturas policiais.

Como MELHORAR O MUNDO?

Todos estão cheios de receber notícias de corruptos, desvios de verbas públicas, descaso com saúde, educação e segurança. Quantas vezes nos indignamos com as más administrações e não fazemos nada para melhorar a vida que temos e o nosso país por não sabermos o que fazer?

União pelo progresso.

Realmente, saber o que fazer neste caso nem sempre é algo simples

Entenda EMBARGOS INFRINGENTES

Assistimos mais um absurdo brasileiro que foi intitulado de "Embargo Infringente". Foi com revolta que iniciei as pesquisas para entender esse artifício e é com desgosto que redijo o que isso significa. Os MENSALEIROS foram julgados (PALMAS PARA O BRASIL), os MENSALEIROS foram CONDENADOS (PALMAS PARA O BRASIL) e então, para não perdermos o costume, a classe alta continua impune, saca da manga um artifício que nenhum popular tem acesso e ganha uma nova chance, essa carta é chamada EMBARGO INFRINGENTE (e foram desperdiçadas todas as salvas de palmas para a justiça). Os MENSALEIROS GANHAM NOVA CHANCE APÓS SEREM CONDENADOS.

Policiais denunciam "TRABALHO ESCRAVO"

Em diversas unidades o policial não tem folga

Policiais de diversas regiões do Rio de Janeiro, inclusive lotados no 4º BPM, denunciam que as escalas não permitem qualquer outra tarefa além do trabalho policial: "Tenho que cumprir uma escala que já foi banida da Polícia, 12/24, 12/48... e na minha segunda folga sou forçado a trabalhar em hora extra (programa RAS destinados a 'voluntários')". Assim relatou o Cabo Escravo [nome fictício para proteção do servidor].